Marketing Digital

Use o mundo digital como o canal de vendas do seu produto ou serviço

Marketing e Inteligência Digital

Anuncie no Google

Seu anúncio exibido no momento exato em que um consumidor pesquisando produtos e serviços

Saiba Mais

Entender como anunciar no Google é muito importante para que os seus recursos possam apoiar as ações de marketing do negócio. Conheça as principais soluções gratuitas e pagas para ser bem-sucedido nesse trabalho.

 

Para quem tem pouca ou nenhuma familiaridade com o mundo do Marketing Digital, saber como anunciar no Google e usar o famoso buscador como parte das estratégias parece algo fora de sua realidade.

Mas não é bem assim, e por um motivo simples: a missão do Google é “organizar as informações do mundo para que sejam universalmente acessíveis e úteis para todos”.

Isso significa dizer que o Google trabalha constantemente para entregar cada vez mais e melhor as informações de que seus usuários precisam, inclusive, oferecendo alguns atalhos para diminuir esse esforço de pesquisa.

Resumindo, se existe um usuário procurando por uma empresa, por menor que ela seja, o Google investirá todos os seus recursos e soluções para ajudá-lo. Nessa história, quem ganha também é o empresário, que vai conquistar mais um possível cliente e, claro, ter acesso a diversas ferramentas e estratégias para atrair seus compradores.

Neste post, abordaremos as opções para anunciar e colocar uma empresa em destaque no Google, desde aquelas que não demandam nenhum investimento até os anúncios e Rede de Display. Acompanhe!

 

Inbound Marketing

Estratégia de marketing desenvolvida com base em conteúdo divulgada por diversas formas

Saiba Mais

Em uma tradução livre, o termo Inbound Marketing pode ser definido como marketing de atração. A principal diferença entre o marketing tradicional – que chamamos de Outbound Marketing – e o Inbound é que, no segundo, quem procura a empresa é o cliente e não o contrário.

No Inbound Marketing, é o cliente que procura pela empresa e não o contrário.

Ou seja, são realizadas ações com o intuito de atrair o potencial cliente para seu blog ou site e, a partir dessa atração, é feito todo um trabalho de relacionamento com essa pessoa. Esse relacionamento é desempenhado por meio de conteúdo personalizado e autoral.

Esse conteúdo é uma forma de educar a audiência e potenciais clientes sobre o segmento de sua empresa, transformar sua empresa em referência em determinado assunto relacionado a seu mercado e influenciar na decisão de compra de futuros clientes.

Automação de Marketing

Ferramentas e acompanhamento de leads para organizar as suas campanhas de marketing

Saiba Mais

Automação de Marketing pode ser resumida como a possibilidade de aumentar as vendas das empresas sem precisar de mais vendedores. Simples assim. Da mesma forma que a indústria produz mais carros sem necessariamente contratar mais pessoas. Automação de marketing é a união de tecnologias e processos para interessados em vendas e marketing, com o objetivo de aumentar a eficiência e os resultados das atividades do marketing. A automação de marketing consiste em 3 partes:

  1. Rastrear todos os pontos de contato entre as empresas e clientes em potencial (leads). Sabemos que a percepção que temos sobre uma empresa é a soma de todas as vezes que interagimos com ela. As trocas de emails, as ligações, a busca de informação no site, um post no Facebook, a soma de tudo isso resulta na imagem da empresa. Agora imagine reunir tudo isso no perfil do cliente, visualizar todas as interações que eles tiveram ou deixaram de ter com a empresa, saber quais emails eles abriram, quais páginas do site eles navegaram, há quanto tempo eles não acessam seu conteúdo, essas informações são valiosas para segmentar a base, customizar o conteúdo e qualificar os melhores leads para entrar no processo de vendas.
  2. Automatizar a execução. Automatizar tarefas individuais e repetitivas do marketing. Provavelmente algumas das tarefas de marketing diárias da sua empresa seja enviar email marketing, divulgar nas mídias sociais, elaborar páginas persuasivas no site, desenvolver conteúdo interessante para os leads em todos os estágios no funil de vendas, criar anúncios no Adwords, no Facebook Ads, tarefas que podem ser automatizadas utilizando ferramentas de automação de marketing e muitas vezes reduzindo a dependência de programadores e designers.
  3. Gerar relatório das melhores ações multicanal (site, blog, mídias sociais, email, site, anúncios) e identificar quais ações geraram mais resultado.  Todos anunciantes querem saber o impacto das suas ações e saber por exemplo quantas pessoas viram e compartilharam seus conteúdos. Essa informação sempre foi muito difícil de identificar em formatos tradicionais como TV, rádio, jornal e revista. Apesar dessa informação sempre estar disponível no marketing digital, as ferramentas disponíveis para gerar relatórios mostravam os resultados das ações de forma fragmentada e a dificuldade aumentava proporcionalmente a variedade e ao tamanho dos investimentos do anunciante. Hoje as ferramentas de Automação de Marketing entregam com mais clareza e rapidez o resultado em vendas de cada ação.

Search Engine Optimization

Otimizações que visam alcançar bons rankings orgânicos gerando tráfego para um site ou blog

Saiba Mais

Você certamente já ouviu falar do Google, certo?

Então, toda vez que uma página é publicada na internet, o Google (e outros buscadores) procuram indexá-la de modo que seja encontrada por quem a procura.

Mas existem milhares de páginas sendo publicadas todos os dias na internet e isso faz com que haja bastante concorrência. Portanto, como fazer com que uma página fique à frente de outras?

E aí que entra o SEO (Search Engine Optimization). Como a própria tradução já sugere, SEO é uma otimização para os motores de busca, isto é, um conjunto de técnicas que influenciam os algoritmos dos buscadores a definir o ranking de uma página para determinada palavra-chave que foi pesquisada.

 

 

Nesta página você pode estudar tudo sobre SEO, do básico ao avançado. No topo há um índice para encontrar o capítulo desejado.

Midias Sociais

Seus produtos e serviços interligados com milhões de usuarios nas redes sociais

Saiba Mais

Mídias Sociais são websites e aplicativos de comunicação que conectam pessoas em todo o mundo. As mídias sociais mais populares são o Facebook, Instagram, Youtube e Whatsapp. As mídias sociais têm presença obrigatória em qualquer estratégia de marketing digital de respeito.

As mídias sociais estão transformando a comunidade global em realidade.

Lide com isto: um terço da população mundial está nessas plataformas.

São impressionantes 3 bilhões de usuários ativos mensais, segundo o Statista.

Todas essas pessoas têm um perfil online e estão trocando mensagens, fazendo comentários e compartilhando conteúdos diariamente.

Ou seja, com uma simples conexão à internet, sua empresa pode alcançar um contingente enorme de usuários.

Mas suas personas podem estar em várias mídias sociais ao mesmo tempo, e cabe a você encontrá-las.

Este guia é um atalho para alcançar seu público-alvo e marcar presença nessas redes de interação da internet.

A seguir, vou compartilhar tudo o que aprendi com meus incontáveis erros e acertos, para que você chegue lá mais rápido – e sem dor de cabeça.

Antes de produzir o próximo conteúdo para seu site, você precisa definir uma estratégia de marketing de conteúdo que vá trazer resultados para o seu negócio.

Email Marketing

Campanhas de marketing digital, com o objetivo de gerar leads, aumentar vendas 

Saiba Mais

O email marketing é uma estratégia de Marketing Digital baseada na comunicação entre uma empresa e seus consumidores ou leads, via email. Esse contato por meio do disparo de emails pode feito a partir de uma segmentação dos contatos em conjunto com o uso de ferramentas de automação, capazes de escalar o processo de personalização das mensagens.

Alguns exemplos comuns de email marketing que você já deve ter recebido na sua caixa de entrada são:

  • oferta de passagem aérea;
  • promoções;
  • confirmação de uma compra online;
  • newsletter.

No início do uso do email como ferramenta de marketing, ele era visto como uma versão digital de propagandas enviadas via correspondência (também conhecidas como “mala direta”).  Assim, o email era visto como um canal de comunicação em massa e as mensagens enviadas estavam longe de ser relevantes para quem as recebia.

Por essa razão, durante muitos anos o email marketing era visto como uma comunicação invasiva. Mas ele evoluiu, e hoje os melhores profissionais de marketing enxergam que o email é uma das maneiras mais pessoais de se comunicar com consumidores, através de uma troca direta de mensagens.

 

Landing Page

Elementos voltados à conversão do visitante em Lead, oportunidade ou clie

Saiba Mais

Mas, no contexto do Marketing Digital, costuma-se chamar de Landing Page uma página criada com um objetivo único: a conversão.

Em geral, essas páginas contêm muito menos elementos e links do que a homepage de um site normal. Isso é feito propositalmente: depois de conseguir levar um visitante para uma Landing Page, seu único objetivo com ele deve ser conseguir a conversão.

Confira 8 dicas para criar Landing Pages que convertem no vídeo abaixo, incluindo exemplos:

4 elementos de uma Landing Page de sucesso

Muitas empresas pensam que fazer uma Landing Page é um bicho de sete cabeças: precisa envolver designers, programadores e esperar dias até a página estar no ar.

Mas essa realidade mudou e hoje em dia existem diversas ferramentas que ajudam você a criar Landing Pages profissionais, com excelentes taxas de conversão e que se encaixam em praticamente qualquer contexto.

A ideia aqui é não reinventar a roda: dependendo da oferta – principalmente se é uma oferta que sua empresa pode promover de forma recorrente, como materiais educativos – utilizar uma ferramenta ajuda em muito o ganho de produtividade de todo o time.

Copywrite

Estratégia de produção de conteúdo focada em convencer o leitor a realizar uma ação específica

Saiba Mais

no marketing, a escrita tem como principal objetivo convencer o público-alvo de algo, seja comprar um produto, um serviço ou mesmo uma ideia.

E é nesse sentido que o propósito da escrita no marketing se relaciona ao copywriting. Copywriting é o ato de produzir textos (sejam eles slogans, sites, posts, eBooks, emails etc.) com o objetivo de guiar sua audiência na tomada de uma decisão.

Como dissemos, essa tomada de decisão pode estar relacionada a uma compra direta (quando falamos do produto ou do serviço) ou a outra ação que esteja dentro desse processo (vendendo uma ideia ou oferecendo um conteúdo, por exemplo).

Mas, então, no caso acima, se ambos os textos tentam convencer a audiência da importância e qualidade das empresas e seus produtos, por que o segundo parece muito mais interessante e cativante do que o primeiro?

A resposta para isso está em diferenciar o que é e o que não é um bom copywriting. E o que seria um bom copywriting?

As novas estratégias de marketing, como o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo online, fazem com que seja necessário rever esse conceito.

Let’s Get Started

Ready To Make a Real Change? Let’s Build this Thing Together!

Share This